NOVA ZELÂNDIA: TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER

Experimento Experimento | 09 agosto, 2018
Compartilhar:

Nova Zelândia desponta como um dos países mais desejados para estudantes de intercâmbio de High School ou aqueles que procuram um curso de especialização no exterior. Não por acaso, hoje o país já é o 4º destino preferido dos brasileiros, estando até mesmo à frente de países como Austrália e Irlanda.

Conhecida como Terra dos Kiwis, nome que os habitantes locais ganharam em homenagem a um pássaro típico da região, a Nova Zelândia é um País completo em termos de ensino e atende a todos os principais requisitos desejados pelos brasileiros, tanto que as 8 universidades do País estão entre as 450 Melhores Universidades do Mundo do renomado ranking britânico QS World University Ranking. Qualidade de ensino e boa relação de custo e benefício (o dólar neozelandês é 25% mais em conta que o americano) estão entre os principais motivos que têm incentivado o público a buscar cada vez mais programas para a Nova Zelândia.

O país abriga instituições de renome internacional na área de pesquisa científica, sobretudo em campos como biotecnologia agrícola, genoma, biofarmacêutica e medicina diagnóstica. O incentivo ao trabalho acadêmico na área é, também, resultado da importância que o setor de tecnologia tem para a economia regional, que contribui com mais de 30 bilhões de dólares neozelandeses para o PIB nacional.

Intercâmbio na Nova Zelândia

Emerald Lakes, Tongariro National Park, New Zealand

Por que fazer intercâmbio na Nova Zelândia?

São inúmeras as razões para o país ganhar destaque entre os estudantes internacionais. Sua excelente qualidade de vida, a baixa taxa de criminalidade, associada à economia estável são algumas delas. Segundo pesquisa do Deutsche Bank, que cataloga o custo de bens e serviços das maiores cidades ao redor do mundo, a capital do país, Wellington, está em primeiro lugar no ranking de melhor qualidade de vida. A possibilidade dos intercambistas trabalharem legalmente enquanto se estiverem matriculados para cursos acima de 12 semanas também faz com que a Nova Zelândia ganhe ainda mais atratividade entre os estudantes brasileiros.

Com um clima muito semelhante ao do Brasil, a Nova Zelândia tem paisagens sensacionais e temperaturas bem amenas. Está localizada no hemisfério sul, as estações do ano são iguais ao Brasil. No inverno, a temperatura média oscila entre 12ºC e 16ºC e, no verão, entre 20ºC e 25ºC. Por conta deste clima bem definido, durante o inverno, pode-se aproveitar para praticar esportes de inverno, como o esqui e o snowboard, já no verão, pode-se aproveitar o sol em suas maravilhosas praias.

E por falar em esporte, para aqueles que são fãs dos esportes radicais ou das caminhadas em trilhas e parques, o país oferece inúmeras opções para todos os estilos de visitantes. Reconhecida mundialmente como a terra do bungee jump, a cidade de Queenstown possui mais de 7 locais para saltos, com alturas variando de 41 a 134 metros. Além do bungee jump, é possível fazer paraquedismo, esqui, rafting, rapel, escaladas, alpinismo, mountain bike, esportes aquáticos ou se divertir com os tradicionais rugby e cricket.

Autor
Experimento Experimento

A Experimento é pioneira no segmento de intercâmbio cultural, com mais de 50 anos de atuação no Brasil, é a maior rede especializada exclusivamente em intercâmbio cultural do país.

Comentários

Catálogos

Curso de idiomas
Programa de férias
High School
Work & Travel
Extensão Universitária
Programas Profissionalizantes
Travel Plus
Study Abroad