UM TOUR POR NOVA SCOTIA E NEWFOUNDLAND, NO CANADÁ

MARISA NASPOLINI MARISA NASPOLINI | 15 outubro, 2018
Compartilhar:

Estive recentemente nas províncias de Nova Scotia e Newfoundland, no extremo leste do Canadá, para visitar as escolas e cidades que recebem nossos experimenters na região. Foram 12 dias de pé na estrada, muitos encontros agradáveis e afetuosos, boa comida e muito entusiasmo por tudo o que vi por lá. Atualmente, o número de intercambistas na região gira em torno de 1.500, sendo apenas 150 brasileiros. Este número nos mostra que esta região banhada pelo Oceano Atlântico ainda é pouco conhecida pelos brasileiros, mas já bastante popular entre os estudantes que participam de programas de intercâmbio High School ao redor do mundo.

A hospitalidade da população local, o clima mais agradável – se comparado aos padrões canadenses -, as belas paisagens litorâneas e a gastronomia baseada em frutos do mar são os principais atrativos para quem deseja se aventurar em um período imersivo na cultura canadense. Sem falar do custo de vida mais baixo, que também é um grande atrativo! Obs: A viagem aconteceu  no início de setembro, já no começo do outono, e ainda  foi possível aproveitar lindos dias de sol e calor. Até fui à praia!

Grupo de agentes (brasileiras e chilenas).

Grupo de agentes (brasileiras e chilenas) visitando escolas em Nova Scotia.

Escola em Nova Scotia

Escola em Nova Scotia

Nova Scotia tem um programa já bem estabelecido, com 20 anos de existência e 65 escolas cadastradas. A capital Halifax, com 400 mil habitantes, é a cidade que recebe o maior número de estudantes, e acredite, eles estão por toda parte. Vale também conhecer Sydney, localizada ao norte, na ilha do Cabo Bretão. Cidade com forte histórico industrial ligado ao aço e ao carvão, atualmente é voltada para o turismo, conta com diversas escolas e universidades e oferece um passeio para pedestres junto ao mar.

Escultura gigante de um fiddle.

Escultura gigante de um fiddle (violino usado para músicas tradicionais populares) em Sydney, à beira-mar.

Bridgewater, Truro e Port Hawkesbury são cidades cujas populações variam entre 3 e 12 mil habitantes, e também são ótimas pedidas, porque apesar de pequenas, são bem estruturadas e contam com ótimas escolas.

Na costa sul, temos a pequena e bela Lunenburg, colonizada em parte por alemães e considerada patrimônio histórico e cultural da UNESCO por sua arquitetura única, onde encontramos locais encantadores como seu porto local. Para qualquer  direção que você for para poder conhecer os recantos, nunca estará a mais de 60 km de distância do mar (então de preferência, faça a viagem de carro).

Porto de Lunenburg

Porto de Lunenburg, no sul de Nova Scotia.

A vizinha Newfoundland é uma ilha de grandes dimensões e tem St. John’s como sua charmosa capital, com 250 mil habitantes. Abriga um porto comercial e é famosa por suas casinhas geminadas e por ser o único lugar do mundo que assume “meio” fuso horário: sua hora local fica meia hora à frente em relação a Brasília, e tem o ponto mais oriental de toda a América do Norte. O cão da raça Terra Nova, companheiro de pescadores e exímio salvador de náufragos, é um dos símbolos da região.

O programa local abarca cerca de 30 escolas distribuídas sempre perto do mar. Nesta região temos Clarenville, cidade situada a duas horas da capital, conhecida pela estação de esqui White Hills e pelo Parque Nacional, e Carbonear, mais próxima de St John’s, que também recebe muitos estudantes. Ambas oferecem trilhas lindas com vista para o mar.

As escolas

O crescimento pela busca de estudos no ensino médio ou ensino superior no Canadá pode ser facilmente explicado por diversas razões. As escolas públicas são muito bem estruturadas, com grande incentivo nas artes e nos esportes, contam com teatros, salas de música e ginásios cobertos, além de laboratórios de ciências, mídia e tecnologia. A comunidade de estudantes internacionais contempla mais de 20 países de origem e é vista pelos canadenses como uma grande oportunidade de acesso local à diversidade cultural, um modo particular de trazer o mundo para o seu quintal.

Slogan que define a vocação do canadense para receber estudantes internacionais.

“Trazendo o mundo pra casa”, slogan canadense. 

Ginásio de esportes escola ensino médio

Infraestrutura colégio Canadense: Ginásio de esportes.

Teatro da escola de High School

Infraestrutura colégio Canadense: Teatro.

O que fazer por lá?

Separamos algumas dicas de programas e lugares imperdíveis para você aproveitar a sua estadia:

  1. Participar de uma colheita de mirtilo;
  2. Degustar vinho dos vinhedos locais;
  3. Fazer trilhas à margem do oceano (a East Coast Trail tem 300 km de extensão à beira-mar);
  4. Observar baleias, icebergs e papagaios do mar;
  5. Frequentar os parques nacionais e saborear pratos típicos com lagostas frescas e pescados em geral;
  6. E é claro, aproveitar as belas paisagens que abundam na região, seja no inverno ou no verão.
Sugestão de alimentação

Dicas para alimentação: Prato de Frutos do Mar.

Vista de St John’s

St. John’s.

Halifax, Nova Scotia.

Halifax, capital da província canadense de Nova Scotia.

 

 

Comentários

Catálogos

Curso de idiomas
Programa de férias
High School
Work & Travel
Extensão Universitária
Programas Profissionalizantes
Travel Plus
Study Abroad